domingo, dezembro 10, 2006

All Night Long (The Casanovas)

All Night Long (The Casanovas)
Por Fábio Cavalcanti

Para quem não conhece, The Casanovas é uma banda australiana, que acaba de lançar seu segundo álbum de estúdio, "All Night Long". Como eles não tem apelo comercial o suficiente, é bem provável que permaneçam no meio underground. Mas tudo bem, desde que os apreciadores do bom rock 'n' roll tenham a oportunidade de conhecer o som deste trio que toca o bom e velho rock 'n' roll, sem frescuras!

O The Casanovas lançou seu primeiro álbum auto-intitulado em 2004. Infelizmente, o novo trabalho não consegue superar o primeiro, e isso certamente irá agradar os críticos e ouvintes mais chatos que adoram reprovar bandas novas no "teste do segundo álbum". Mas, o trio fez um bom trabalho em termos de evolução no estilo, o que mostra que eles levam seu simples rock 'n' roll bem a sério.

As mudanças no estilo da banda mostram-se dosadas na medida certa. Logo na primeira faixa, "Born To Run", nota-se um direcionamento mais melódico, o qual se define como predominante (ao contrário do primeiro álbum, que tinha mais músicas cruas). As outras faixas mais melódicas são "Heartbreaker", "Doghouse Blues", e a ótima e grudenta (no bom sentido) "California", o principal single do álbum.

A faixa "Shame On You" a princípio lembra mais o primeiro álbum, até que de repente aparece um belo jogo de... metais! Isso trouxe um clima retrô bem interessante à música. A faixa "Too Much" traz influências claras de música country. E a faixa-título "All Night Long" chega bem perto de ser uma balada... mas não é!

E para quem não quer saber de inovações, basta prestar atenção nas faixas mais cruas: "I Don't Want You Back", "Ain't Coming Down" e "Overload", todas muito boas também! O cover do álbum é "I Thank You", de Sam & Dave. Tal música já foi regravada por vários artistas como ZZ Top e Bon Jovi, mas ganhou um brilho único na versão do The Casanovas.

Por fim, ao término da audição do álbum, nota-se também que o vocalista (e guitarrista) Tommy Boyce melhorou bastante suas técnicas vocais em relação ao primeiro álbum (em que ele abusava um pouco de falsetes, ao invés de arriscar vocais mais "arranhados"). De fato, toda a banda está em perfeita sintonia, e pronta para chutar alguns traseiros sentimentais e baladeiros! E que venha o próximo álbum!

Nota: 7

Faixas:
1. Born To Run
2. Shame On You
3. California
4. All Night Long
5. I Don't Want You Back
6. Too Much
7. Heartbreaker
8. Doghouse Blues
9. Aint Coming Down
10. I Thank You
11. Overload

Nenhum comentário: